Pincoya no Mar do Caribe

Pincoya no Mar do Caribe

O Pincoya é o Delta 45 de ninguém menos que Nestor Völker, projetista argentino que é o responsável pelo design desse modelo avassalador da Delta Yachts: arrojado, confortável e muito veloz com seus 98,2 m² de área vélica.  Com muito orgulho, o Pincoya enverga um mastro Manotaço #245.

Nestor Volker é um ícone mundial da vela, tanto como designer quanto como velejador. Volker inclusive é sobrevivente da trágica regata Fastnet de 1979, tendo resistido a ondas de 12 metros em um veleiro de 30 pés.

Como velejador de cruzeiro, entre as suas aventuras figuram a Northwest Passage com o veleiro clásssico alemão Norwind (1939) em 2012, Beagle em 2014 e Antártida em 2015 e também Hemisfério Norte. São travessias pelos oceanos Atlântico e Pacífico e incontáveis navegadas pela costas brasileira, mediterrânea, pelo Mar do Norte e pelo mar caribenho.

Em passagem pelo Caribe com o seu Pincoya, Nestor registrou sua navegada em um diário de bordo publicado na edição 138 da revista O Minuano do clube Veleiros do Sul.

“A navegação a Cartagena começou tranquila, mas terminou com muito vento, o mais forte de toda viaje. Fomos rizando as velas até navegar somente com a genoa, já que chegamos a ultrapassar os 13 nós. Nessa velocidade nós chegaríamos à noite ao nosso destino, em seguida abaixamos a vela e seguimos a “árvore seca”, com o qual fazíamos de 6 a 8 nós. Não desejava chegar de noite num lugar com fundo de 6 metros e ondas de 4 metros porque havia perigo de quebra. Minha experiência na regata Fastnet de 1979 já me havia sido o suficiente”.

Leia aqui o relato completo (página 17):

2019-04-02T15:44:08-03:00